O calcário e as suas várias facetas

O calcário é encontrado em todo o mundo. Como cada depósito tem uma origem bastante específica em termos de escala temporal, todos apresentam características diferentes.

Embora as moléculas que formam estes depósitos sejam sempre as mesmas, o calcário pode desenvolver-se numa variedade de cores com estruturas únicas. Mesmo quando os depósitos estão geograficamente próximos uns dos outros, as diferentes evoluções geológicas podem torná-los muito diversificados. Na França, por exemplo, é possível encontrar calcário duro como rocha a apenas 1.000 km de depósitos de calcário tão moles que podem ser cortados facilmente. Na produção de cal, prefere-se calcário duro.

Veja os exemplos a seguir:

  • Rocha amarela da Polônia
  • Rocha escura, quase preta, do Brasil (forma mais pura)
  • Calcário com muitos elementos de coral e de concha do período Daniano (oriundo da Dinamarca) que remonta ao período Terciário inicial, ou seja, 62 a 65 milhões de anos atrás, pouco tempo após a extinção dos dinossauros.