Pasta e papel

Pulp paper

Pasta e papel

O cal é uma matéria-prima essencial à produção do carbonato de cálcio precipitado (PCC). É utilizado em muitos dos tipos de papel que econtramos todos os dias, como o papel de carta, revistas impressas, jornais, entre outros. A nossa cal Britelim®, com caraterísticas diferenciadas físicas e de abrilhantamento é usada no PCC para produzir papel de alta qualidade.

A cal viva de alta pureza, com caraterísticas químicas e granulometria específicas, entra no processo de caustificação da celulose.

As águas do processo e as águas residuais que resultam da pasta e da produção de papel requerem tratamento no local antes de serem reutilizadas ou despejadas.

Carbonato de cálcio precipitado (PCC) sob medida

Fornecemos cal de alta pureza e alto brilho para o fabrico de PCC (carbonato de cálcio precipitado). O PCC é fabricado através de uma série de reações químicas controladas. A cal viva é misturada com água para formar um leite de cal ao qual o gás de dióxido de carbono é adicionado. A reação resultante produz um carbonato de cálcio precipitado (CaCO3) muito fino. A forma e tamanho dos cristais de PCC são modificados pelas condições de precipitação (temperatura/concentração) durante a reação. Esta carga mineral é feita sob medida e é utilizado na produção de papel para melhorar o brilho, a opacidade, o volume, a textura e a capacidade de impressão do mesmo.

Caustificação da celulose

A cal é tradicionalmente utilizada para regenerar a soda cáustica (licor branco) a partir do carbonato de sódio (licor verde) que sobrou do processo de fabrico de pasta kraft. A reação química resultante da mistura do carbonato de sódio com cal hidratada cria carbonato de cálcio e soda cáustica.