Quer saber mais sobre...

A Lhoist é um dos principais produtores de cal, cal dolomítica, calcário, dolomite e outros minerais, como, por exemplo, argila plástica.


Descobrir o que é/são…

Pode encontrar um conjunto de fotografias correspondentes a estes tópicos na secção CICLO DA CAL & E DA CAL DOLOMÍTICA GALERIA DE FOTOGRAFIAS.

O que é a cal?

Cal é o termo genérico aplicado frequentemente à cal, ao calcário e à cal hidratada, embora estes produtos sejam diferentes a nível químico devido a processamentos e tratamentos.

  • O calcário (carbonato de cálcio - CaCO₃) existe em grandes quantidades em rochas naturais de todo o mundo.
  • A cal (óxido de cálcio - CaO) é uma substância alcalina e o resultado da transformação química do calcário através do aquecimento do mesmo acima dos 1000 °C, o que requer energia (3,2 GJ/tCaO). Como reage rapidamente à água, o óxido de cálcio, também conhecido como cal calcinada, é muitas vezes denominado como cal viva.
  • Cal hidratada (hidróxido de cálcio - Ca(OH)₂) é uma substância alcalina forte que se forma quando o óxido de cálcio reage com a água. Esta reação gera calor. Consoante a quantidade de água utilizada, o hidróxido de cálcio pode ser um hidrato seco (pó seco), uma pasta (pasta de cal) ou um líquido, leite de cal, também conhecido por lama de cal (suspensão seca em água).
  • O carbonato de cálcio precipitado (CCP CaCO₃) é um carbonato de cálcio sintético. Este carbonato, com as suas características morfológicas especiais, pode ser produzido industrialmente através da reação entre o hidróxido de cálcio e CO₂.

 

O que é a dolomite ou a cal dolomítica?

  • A dolomite (duplo carbonato de cálcio e magnésio - CaCO₃.MgCO₃) é o resultado de uma dolomitização parcial ou total de carbonato de cálcio  
  • A dolomite semicalcinada (carbonato de cálcio & e óxido de magnésio - CaCO₃.MgO) forma-se quando o carbonato de magnésio só é parcialmente oxidado.
  • A cal dolomítica (óxido de cálcio & e magnésio - CaO.MgO) é o resultado da transformação química do duplo carbonato de cálcio e magnésio através do aquecimento do mesmo acima dos 1000 °C, o que requer energia (2935 GJ/t CaO.MgO). Tal como a cal, a cal dolomítica reage à água. A afinidade do CaO por água é superior à do MgO.
  • A cal dolomítica semi-hidratada (hidróxido de cálcio & e óxido de magnésio Ca(OH)₂.MgO) forma-se em resultado da reação da cal dolomítica à água em condições normais.
  • Cal dolomítica hidratada (tetra-hidróxido de cálcio & e magnésio - Ca(OH)₂. O símbolo Mg(OH)₂) representa a completude da reação de hidratação efetuada em reatores pressurizados a temperaturas próximas dos 150 °C.

 

O que são minerais?

Os diversos minerais que existem são utilizados numa grande variedade de aplicações industriais e agrícolas. Os minerais que exploramos nas nossas minas incluem calcário e calcário dolomítico de alta pureza que abastecem os inúmeros mercados nos quais operamos.
A Lhoist é também um importante fornecedor de agregados de pedra, utilizados especialmente em estradas e na construção civil. Nas nossas instalações nos Estados Unidos, extraímos várias argilas de especialidade, como argila plástica, caulino, sepiolite, saponite e bentonite de cálcio.

  • A argila plástica é um silicato de alumina hidratado da família do caulino, formado a partir de sedimentos depositados em água que foram quimicamente alterados e misturados com areia, materiais orgânicos e outros componentes. A argila plástica contém vários minerais, como o caulino, ilite, mica, feldspato e quartzo. Também estão presentes outros minerais "acessórios" e alguns materiais carbonosos. São bastante raros e encontram-se apenas em alguns locais em todo o mundo.
  • Caulino é o termo genérico do mineral caulinite, um cristal de aspeto laminado com seis lados formado por óxidos e hidroxilos de silicone e alumínio. O caulino, também conhecido como caulinite ou argila da China, é um silicato de alumina estratificado com uma baixa capacidade de retração/dilatação e baixa capacidade de troca de catiões (CEC), formado pela exposição química de materiais silicoaluminosos, como o feldspato.
  • A sepiolite é um silicato de magnésio com uma estrutura torneada única, apresentando uma área de superfície específica interna e externa extremamente elevada, baixa CEC, baixa densidade específica e uma capacidade de dispersão em água doce e salgada.
  • A saponite é uma esmectita de magnésio que apresenta grandes espaços de camadas intermédias na estrutura em camadas de folha e uma CEC bastante mais alta do que a sepiolite, embora tendo também a capacidade de dispersão em água doce e salgada.
  • A bentonite de cálcio é uma argila alterada à base de cálcio que apresenta elevadas propriedades de capacidade de troca de catiões e uma tendência de absorção e dilatação muito menor do que a bentonite de sódio.